Anekke The Forest

Adoro viajar por esse mundo fora….

Esta é a história da minha viagem pelo Canadá!

Esta viagem começa com o som de um vento gelado e comigo a dançar com as folhas. Eu chego a um novo destino. Um destino que mal conheço, mas em pouco tempo apaixono-me verdadeiramente pela sua beleza, pelo seu povo, pela sua cultura, pelas suas cidades de vida intensa.

 A cidade espera-me! Está decorada com belos bosques de veludo branco. Perco o meu olhar por entre as suas ruas iluminadas, quando ouço um sussurro….

Escuto com toda a atenção o que a floresta tem para dizer. A luz trazida pela aurora desenha um reflexo na água. Nele vejo as montanhas e as árvores que se tornam infinitas e em tons de azul, verde, cinza e ocre: este quadro pintado ficará para sempre na minha memória.

 Subitamente, uma gota num lago quebra este silêncio, espalhando o seu som pelas árvores exuberantes e por toda a natureza. Vejo folhas de muitas cores, vejo uma natureza viva em toda a sua expressão.

 De repente, descubro um alce a olhar-me, da outra margem, como se estivesse a entrar no meu espírito, no meu interior. É surpreendente a sua beleza, move-se de uma forma elegante e ao mesmo tempo selvagem, move-se de forma livre! Sinto uma ligação que me faz pensar na grande importância de nos sentirmos livres, selvagens, respeitados e respeitadores, escutando sempre o nosso coração.

 Pequenas coisas, muitas delas as mais simples fazem-nos sentir grandes emoções. É esta a voz da floresta e é este o significado da vida.

 E agora, escute o que a floresta tem para lhe dizer….